Cirurgia Bariátrica pelo SUS: É possível? Como conseguir? Saiba aqui!

Cirurgia Bariátrica pelo SUS: É possível? Como conseguir? Saiba aqui!

A cirurgia bariátrica também é bastante conhecido como cirurgia da obesidade ou cirurgia de redução do estômago. A cirurgia bariátrica é sempre indicada para os pacientes que apresentam um quadro de obesidade a qual já chegou a um nível em que as atividades físicas não causam nenhum efeito. É aconselhável principalmente para pacientes que possuem um índice de massa corporal acima de 40. Para saber mais sobre esse procedimento, continue lendo nosso artigo!

O que é

A cirurgia não possui efeitos estéticos, ela é uma intervenção que tem como principal objetivo alterar os hábitos e qualidade de vida dos pacientes com o intuito de fazê-lo ter um vida mais saudável e duradoura. Todos os métodos são geralmente bem radicais e devem ser realizados somente em condições extremas, ou seja, no momento em que o paciente não consegue mais reduzir o seu peso corporal sozinho, e o mesmo pode correr risco de morte.

O procedimento cirúrgico é dividido em dois tipos de tratamento. O primeiro se classifica em uma incisão no abdômen, já o segundo caso, se classifica como a videolaparoscopia, sendo que esta se define por ser uma abordagem onde é inserida uma câmera no abdômen, para que o médico possa visualizar por um monitor todo o processo que ocorre durante a cirurgia. Neste último caso o paciente sente menos dor e apresenta uma melhor recuperação. A cirurgia bariátrica é um procedimento caro, sendo que são poucos os hospitais administrados pelo Sistema Único de Saúde (SUS) que efetuam o procedimento.

O SUS faz cirurgia bariátrica?

Grande parte das pessoas que estão acima do peso é que precisam realizar uma cirurgia bariátrica não tem condições financeiras, é muitas vezes nenhum tipo de plano de saúde. A única opção acaba se tornando o SUS, o qual realiza todo procedimento de forma gratuita em todo território brasileiro.
A cirurgia bariátrica pelo SUS é feita por videolaparoscopia, a técnica é caracterizada por ser bem menos invasiva do que a gastroplastia a qual possui derivação intestinal, já que videolaparoscopia é feita através de mini-incisões de 0,5 a 1,2 cm, o suficiente para passar a camera de video e as cânulas. A videolaparoscopia é bem mais rápida do que o método tradicional, podendo durar em alguns casos apenas 1 hora. A cirurgia também possui uma taxa de mortalidade bem inferior segundo dados da Sociedade de Cirurgia Bariátrica e Metabólica.

Hoje em dia o SUS possui mais de 75 hospitais que atendem pacientes com obesidade, sendo estes distribuídos nos 21 estados, como por exemplo Bahia, Espírito santo, Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro, Santa Catarina, Sergipe e etc.

Quem pode fazer Cirurgia Bariátrica pelo SUS?

Os pacientes que podem ter direito a cirurgia bariátrica pelo SUS são os que possuem IMC igual ou maior que 50, IMC maior ou igual a 40 desde que o paciente não tenha sucesso com algum tipo de tratamento clínico de no mínimo dois anos, IMC maior que 35, associado a problemas de saúde como doenças cardiovasculares, pessoas hipertensas, apneia do sono, doenças articulares e diabetes.

Como funciona?

Para que os pacientes tenham acesso a cirurgia bariátrica pelo SUS de maneira gratuita é necessário primeiramente efetuar o pedido do cartão do SUS, podendo este ser realizado em hospitais, clínicas ou até mesmo em postos de saúde. Feito isso o paciente deverá marcar uma consulta médica para que possa comprovar que integra realmente aos pré-requisitos solicitados pelo SUS. Em sequência todos os exames do paciente serão analisados por um especialista, onde o mesmo irá autorizar ou não a cirurgia, quando autorizado o paciente entra na fila de espera até que seja liberada sua cirurgia.

pós cirurgia bariatrica

O Plano de Saúde cobre?

De acordo com as regras das operadoras o plano de saúde deve cobrir todo o procedimento da cirurgia bariátrica, uma vez que a obesidade é uma doença que prejudica a saúde do usuário. Pois uma vez que o paciente passa mal, ele necessita da assistência do convênio, sendo o plano obrigado a oferecer o amparo devido.

Em alguns casos o paciente deve provar que realmente necessita realizar o procedimento cirúrgico, para isso é fundamental documentar todo o histórico de consultas mencionando que buscou todas as alternativas necessárias para a perda de peso, além disso deve mostrar todos os exames que comprovam a necessidade da cirurgia.
Contudo é imprescindível que o paciente leia todas as cláusulas contidas no contrato de adesão do plano de saúde, só assim ele saberá se o plano cobre a cirurgia de acordo com as suas condições.
Ficou alguma dúvida sobre cirurgia bariátrica pelo SUS então nos conte nos comentários!

Replies: 1 /
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

One thought on “Cirurgia Bariátrica pelo SUS: É possível? Como conseguir? Saiba aqui!

  • Preciso de ajuda estou mais se 50kilos acima do peso ki deveria ter n consigo emagrecer ja tentei varias coisas n consegui so estou engordando por favor em nome me de Jesus me ajudem a fazer essa cirurgia

    Reply

Post Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *