Farinha de Maracujá: Emagrece mesmo? Como usar? Como fazer?

A Farinha de Maracujá é um suplemento funcional extraído da parte branca da casca do maracujá e que pode oferecer diversos benefícios à saúde. Um exemplo é reduzir o risco de diabetes do tipo 2.

Rica em nutrientes, vitaminas B3 e C, cálcio, ferro e fibras, a Farinha de Maracujá também ajuda a melhorar o sistema digestivo e está sendo considerada uma aliada da perda de peso, enriquecendo diversas receitas sem acrescentar gorduras ou calorias.

Nesse texto vamos falar sobre todos os benefícios da farinha de Maracujá, dar a receita para você fazer em casa, falar como usar e explicar se ela realmente ajuda a emagrecer. Confira!

Como usar a Farinha de Maracujá?

Como dissemos, a Farinha de Maracujá é fonte de vitaminas e minerais, e inclui-la no cardápio do dia a dia é muito simples. Veja a seguir:

Antes das refeições

Tomar um copo de água com uma colher de farinha de maracujá 30 minutos antes das refeições é a forma ideal para quem quer emagrecer. As fibras liberadas formam um gel no estômago causando uma sensação de saciedade, reduzindo a fome.

Durante as refeições

Você pode misturar uma colher da farinha de maracujá na comida ou na salada, pois ela não interfere no sabor.

Sobremesa e lanches

Inclua uma colher de sopa de farinha de maracujá nos sucos, vitaminas, iogurtes ou nas frutas na hora do lanche ou na sobremesa.

A dose diária recomendada é de duas colheres de sopa por dia (25g/dia), que representa 74% das necessidades diárias de fibra alimentar.

Farinha de Maracujá

Ajuda a combater a diabetes?

Como dissemos, a Farinha de Maracujá é rica em fibras.  Em especial a pectina, que faz com que a absorção da glicose seja mais lenta, sendo liberada em pequenas doses na corrente sanguínea. Ela também reduzir a produção de insulina e os picos de glicemia, que é responsável pela vontade de comer mais doces, o que ajuda a combater a diabetes.

A redução da produção da insulina e dos picos de glicemia são importantes para que não aconteça um processo chamado “resistência à insulina”.  Ela ocorre quando organismo precisa de mais insulina para armazenar a mesma quantidade de glicose. Se esse processo não for revertido a tempo, pode evoluir para diabetes tipo 2.

Farinha de Maracujá

Farinha de Maracujá emagrece mesmo?

Sim! A Farinha de Maracujá ajuda a emagrecer porque é rica em fibras como a pectina, que ao entrar em contato com os líquidos do estômago forma uma espécie de gel e retarda o esvaziamento gástrico.  Isso causa uma sensação prolongada de saciedade, reduzindo a necessidade de ingerir mais alimentos. Além disso, a Farinha de Maracujá ajuda a:

  • acelerar a eliminação de gorduras do organismo
  • absorção de carboidratos
  • a regular o funcionamento do intestino, prevenindo problemas como a prisão de ventre e ajudando a perder medidas na barriga.

Também já falamos sobre a Farinha de Maracujá impedir a liberação de insulina em grande quantidade. Isso  além de reduzir o risco de diabetes, também ajuda a acelerar o metabolismo, evitando o acúmulo de gordura.

Algumas mulheres relatam ter perdido 8 kgs em dois meses depois que começaram a usar a Farinha de Maracujá. Lembrando que esse número pode variar de acordo com o organismo de cada pessoa.

Farinha de Maracujá

Como fazer em casa?

Agora que você já sabe todos os benefícios que a Farinha de Maracujá pode te oferecer, anote a receita para fazer o seu suplemento em casa:

  • Coloque quatro maracujás inteiros em um litro de água com uma colher (sopa) de água sanitária. Deixe de molho por 15 minutos.
  • Em seguida, lave o maracujá em água fria. Depois corte-os ao meio e retire a polpa, deixando apenas a parte branca da casca.
  • Corte as cascas em tiras e leve ao forno médio por 30 minutos.
  • Retire as cascas do forno, deixe esfriar e coloque no liquidificador, batendo em potência máxima até que vire uma farinha.
  • Peneire e armazene em um frasco de vidro com tampa.

Farinha de Maracujá

Farinha de maracujá em cápsulas

Como mostramos, fazer a farinha de maracujá é muito simples e rápido. Porém, ela também é vendida em lojas de produtos naturais.

Caso você prefira o suplemento em cápsulas ao invés da farinha, você pode comprar em farmácias e lojas que vendem produtos naturais, como o Mundo Verde, e tomar de acordo com a indicação do rótulo, respeitando a dose máxima diária de 25g.

Read More →
Replies: 0 /

Climatério: Entenda! Conheça os sintomas e veja como trata-los!

Mulheres com idade acima dos 40 anos já começam a ficar preocupadas com os sintomas da menopausa e com as consequências da ausência da menstruação. Mas a maioria das mulheres confunde a menopausa com o climatério. Esse texto é para mostrar a diferença entre esses dois termos e falar tudo que você precisa saber sobre esse período tão importante e difícil na vida da mulher.

Nesse texto vamos mostrar todas as mudanças físicas e psicológicas que acontecem nesse período, além de falar sobre as várias opções de tratamentos naturais para o climatério e explicar se existe climatério masculino. Confira!

O que é o climatério?

Como dissemos, é muito comum que as pessoas (homens e mulheres) confundam o climatério com a menopausa, mas são coisas diferentes. Você já deve ter ouvido falar que “fulana entrou na menopausa” ou alguma mulher justificar o excesso de calor como sendo culpa da menopausa, mas vamos mostrar a seguir que esse termo é usado erradamente.

Climatério é o nome científico do período de transição entre o período que as mulheres podem reproduzir (período fértil) para o período não reprodutivo, que inclui a menopausa, que é o nome dado à última menstruação antes de a mulher entrar definitivamente no climatério. Ou seja, a menopausa é a ultima menstruação da mulher enquanto o climatério é o conjunto de sintomas que antecede a menopausa, assim como aqueles que vem depois dela.

Climatério

Quais são os sintomas do Climatério?

Apesar de os sintomas poderem variar de pessoa pra pessoa, existe uma lista de sintomas (físicos e emocionais) mais comuns no climatério, que vamos mostrar a seguir:

  • Fogacho ou ondas de calor: Acontece com mais de 80% das mulheres no climatério e é o sintoma mais comum. Costumam começar no período pré-menopausa e durar por até 2 anos após a última menstruação. Essas ondas de calor são causadas pela redução da produção de estrogênio, o que provoca uma desregulação do termostato normal do corpo.
  • Suores noturnos (variante do fogacho)
  • Distúrbios do sono, como a insônia, que costumam começar já no período pré-menopausa e deixar a mulher mais cansada e sem energia.
  • Depressão (mais comum no primeiro ano do climatério, principalmente em mulheres que ainda queriam engravidar).
  • Ansiedade e alterações do humor, causadas pela redução na produção de estrogênio.
  • Secura vaginal, que pode causar coceira e dor durante o ato sexual.
  • Redução da libido, causada em parte pelas alterações hormonais e também pela dor causada pela secura vaginal.
  • Memória fraca e dificuldade de concentração, também causados pela redução na produção de estrogênio.
  • Dor nas articulações.
  • Queda de cabelo, unhas fracas e pele ressecada, causadas pela redução na produção de colágeno e de estrogênio.
  • Aumento de peso, causado pela alteração no metabolismo e na forma como o corpo armazena gordura que acontece com a redução dos níveis de estrogênio.
  • Infecção urinária, que passa a ser mais comum com a secura vaginal, que facilita a invasão de bactérias.
  • Aumento de pêlos no rosto, causados pela redução do estrogênio.
  • Ossos fracos, que possibilitam fraturas e o aparecimento de osteoporose, também causado pela redução na produção do estrogênio.
  • Tonturas e desequilíbrios, que costumam aparecer já no período pré-menopausa

Climatério

Tratamentos naturais para o Climatério

Como você pôde perceber na lista de sintomas do climatério, a maioria deles é causada pela falta de estrogênio.  Por isso a reposição hormonal é tão importante. Mas também existem algumas opções de tratamentos naturais para o climatério. Um deles é adicionar pequenos punhados de soja e linhaça à dieta diária. Você também pode usar o vinagre de maçã (1 colher diluída no copo de água ou de suco) como aliado para reduzir os calores.

Confira a seguir uma receita de chá caseiro que auxilia a amenizar os efeitos do climatério:

Ingredientes:

  • 1 punhado de folhas de amora
  • 1 punhado de anis estrelado
  • 1 punhado de melissa
  • 1 punhado de alecrim
  • 1 litro de água mineral

Modo de Preparo:

Coloque a água mineral para ferver e assim que estiver fervendo, apague o fogo e acrescente as ervas. Tampe a panela e deixe em infusão por 15 minutos. Tome duas vezes ao dia.

Climatério

Max Amora

Se você está sofrendo com os sintomas na menopausa e do climatério e busca uma alternativa natural para resolver este problema, precisa conhecer o Max Amora.  Trata-se de um suplemento 100% natural, composto por Amora (350 mg), Isoflavona (40 Mg) e Cimicifuga (40 mg), três dos maiores aliados ao combate dos sintomas da menopausa e do climatério. Isso porque, este três componentes ajudam a regular o nível de hormônios, que cai neste fase e é a causa do sintomas.

O Max Amora é vendido através do seu Site Oficial e atualmente está com o preço em promoção. Caso queira conhecer melhor o produto, basta clicar no botão abaixo. Dessa forma você será redirecionado para  o Site Oficial, onde poderá realizar sua compra com rapidez e segurança.

Existe climatério masculino?

A resposta para essa pergunta pode ser sim e não. Vamos explicar porque:

O climatério masculino é chamado de andropausa, e também caracteriza o período onde a produção de hormônios sexuais (principalmente a testosterona) é reduzida, porém, essa redução acontece apenas em 20% dos homens acima de 50 anos, e por isso não deve ser comparada ao climatério feminino, que acontece com todas as mulheres.

O tratamento da andropausa (ou climatério masculino) também é feito através de reposição hormonal, com injeções intramusculares trimestrais de testosterona.

Read More →
Replies: 0 /

Kombucha: Como fazer? Quais são os benefícios?

O Kombucha é uma bebida probiótica milenar de origem chinesa que oferece vários benefícios para a saúde, e por isso faz parte da dieta de atletas e de quem é fitness ou opta por uma alimentação orgânica e mais saudável.

Também conhecido como Kombutchá (que é como se pronuncia), essa bebida artesanal é levemente doce e gaseificada, e tem o aroma agridoce.

Nesse texto vamos falar tudo sobre o Kombucha, os seus benefícios e modo de preparo, e contar se ele realmente é um aliado na dieta de quem quer perder peso.

kombucha

Quais são os benefícios do Kombucha?

Como dissemos, o Kombucha é uma bebida milenar chinesa, feita com uma alga chamada Kombu, chá preto e açúcar, e na China ele é considerado um elixir da longevidade e da boa saúde. O Kombucha é rico em vitaminas, aminoácidos e ácidos, e esse composto ajuda a combater os radicais livres e a aliviar desordens nervosas, já que ele também é composto de vitaminas do complexo B.

Quem tem baixa imunidade, diabetes, e problemas de pressão arterial e problemas de digestão também podem se beneficiar muito com o Kombucha, pois ele tem propriedades (bactérias do bem, leveduras, enzimas e antioxidantes) que ajudam a melhorar o sistema imunológico, a regularizar as funções do intestino, e a repor a flora intestinal. Além disso, o Kombucha ajuda a aliviar os distúrbios do sono, a diminuir as dores nas articulações, a fortalecer os rins e os músculos.

Além de todos os benefícios que já mostramos aqui, o Kombucha tem apenas 35 calorias a cada garrafinha de 350 ml, dá mais energia e pode ajudar a emagrecer, como falaremos a seguir.

Como tomar o Kombucha?

Alguns especialistas ainda discordam quanto à dose recomendada de Kombucha por dia. Enquanto alguns defendem que tomar de dois a três copos do chá de Kombucha por dia ajudam a melhorar a sua saúde em geral, outros profissionais acreditam que o ideal é não ultrapassar os 350 ml por dia, ou seja, consumir apenas uma garrafinha ou um copo de Kombucha por dia.

kombucha

Como preparar o Kombucha?

Como dissemos, o Kombucha é uma bebida artesanal fermentada, e por isso o seu preparo não é simples e nem rápido (a fermentação pode demorar até 10 dias). Seus ingredientes principais são uma alga chamada Kombu, chá preto e açúcar, e você pode comprar um kit com todos os ingredientes necessários para preparar o Kombucha em lojas como a Amazon e a Kombucha Shop, que entregam no Brasil, e você também pode comprar os ingredientes individualmente ou o Kombucha pronto em lojas de produtos naturais, como a Mundo Verde.

Se você gosta de preparar o seu próprio alimento, veja a receita do Kombucha e o modo de preparo a seguir:

Ingredientes:

  • Biofilme, zoogleia ou cultura de Kombucha
  • 250 ml de água desclorada
  • 2 colheres (chá) de folhas de chá preto ou de chá verde (ou saquinhos de chá)
  • ½ xícara de açúcar refinado ou orgânico

Você vai precisar de uma jarra de vidro de cerca de 3L para colocar a bebida. Evite recipientes de plástico, pois eles podem contaminar.

Modo de Preparo:

Para desclorar a água, bata a água no liquidificador por uns 2 minutos.

Ferva a água, acrescente o açúcar e deixe ferver até dissolver. Junte as folhas de chá e deixe ferver por aproximadamente mais 2 minutos.

Desligue o fogo, tampe e deixe em infusão por 15 minutos. Coe com um pano fino e deixe esfriar. Coloque no recipiente de vidro junto com 1,800 ml de água e junte 1 ou mais panquecas (a cultura mãe) de kombucha.

Cubra o vidro com um tecido limpo e vede com um elástico. Mantenha em infusão por 10 dias.

O tempo de fermentação pode variar de acordo com a temperatura, então, em dias quentes pode ficar pronto em menos tempo que nos dias mais frios. Quando sentir cheiro de vinagre, estará pronto. Retire as panquecas e deixe descansar por mais 5 dias em clima ambiente, e depois leve à geladeira.

Kombucha ajuda a emagrecer?

Sim, o Kombucha ajuda a emagrecer porque é pouco calórico (uma garrafa de 350 ml tem apenas 35 calorias) e tem várias bactérias do bem em sua composição, que quando fermentadas, liberam substâncias que promovem uma sensação de saciedade, o que também contribui para a perda de peso, e por isso o Kombucha está sendo considerado o grande aliado fitness de 2017.

 

Read More →
Replies: 0 /

Remédios naturais para menopausa: Veja nossas dicas!

A menopausa é um período muito complicado, e mulheres acima dos 40 anos já começa a se preocupar (e a se preparar) para enfrentar uma grande quantidade de mudanças e sintomas físicos e emocionais que acontecem por causa da alteração hormonal.

A maioria das mulheres faz reposição hormonal nesse período, mas como todo medicamente, esses também causam reações adversas, e por isso algumas mulheres preferem usar remédios naturais para diminuir os sintomas da menopausa e aumentar o bem-estar nesse período.

Nesse texto vamos dar várias dicas de alimentos e receitas para você usar como remédios naturais para a menopausa, mas antes precisamos explicar que o nome correto para o período não-reprodutivo da mulher é climatério. A menopausa é o nome dado apenas à última menstruação, e todo o período depois desse último ciclo menstrual chama-se climatério. O certo então, é dizer que a mulher entrou no climatério, e não na menopausa. Dito isso, vamos às dicas:

remédios naturais menopausa

Max Amora

Atualmente já existem suplementos que ajudam as mulheres que estão passando pelo período da Menopausa, como é o caso do Max Amora, que tem feito muito sucesso desde que foi lançado no Brasil. Trata-se de um suplemento a base de amora concentrada, fruta que comprovadamente combate os sintomas da menopausa e do climatério. A maior das suas vantagens é que ele é completamente natural, e não possui efeitos colaterais.

max amora

Outra vantagem é que ele é vendido pela internet, ou seja, não importa onde você mora, você vai conseguir comprar o seu Max Amora e receber no conforto da sua casa. E se você não está acostumada a fazer compras pela internet, pode ficar tranquila, já que o site recebe centenas de transações por dia e os seus dados estão seguros.

Ele ajuda a combater o calorão, devolve o desejo sexual da mulher, proporciona mais energia, mais disposição, melhora o sono, diminui o estresse e a irritação.

Onde comprar o Max Amora?

Como dissemos, ele é vendido online, através do site http://maxamora.com.br/. Você pode escolher kits com 1, 3 ou 5 frascos, clicando a seguir:

max amora

Remédios naturais para menopausa

Apesar de esses remédios naturais que vamos indicar a seguir ajudarem a reduzir a frequência e a intensidade dos sintomas da menopausa, como as ondas de calor e a insônia, por exemplo, é importante dizer que eles não substituem a reposição hormonal ou a indicação medicamentosa feita pelo seu médico.

Anote as receitas:

Suco de melão com hortelã

Ingredientes:

1 copo de água

  • Meio melão
  • 2 colheres de sementes de melão
  • 10 folhinhas de hortelã

Modo de preparo:

Bater tudo no liquidificador, coar e tomar na hora.

Tome este suco no lugar do jantar e por 30 dias seguidos.

O melão é considerado o “amigo” número 1 da mulher.  Ele é rico em cálcio, que ajuda a fortalecer os ossos e fonte de potássio (que diminui a flacidez do corpo) e de magnésio, que é eficaz contra a prisão de ventre, além de ser ótimo para combater o estresse e a ansiedade.

Chá de Ginseng feminino

O ginseng feminino tem propriedades anti-inflamatórias e analgésicas que ajudam a diminuir as dores e o desconforto da menopausa.

Ingredientes:

  • 10 g de raiz de ginseng feminino
  • ​1 xícara de água

Modo de preparo:

Colocar 1 xícara de água fervente sobre a raiz de ginseng, e deixar repousar em recipiente com tampa por 30 minutos. Depois, basta coar e tomar 2 vezes ao dia.

Chá 5 ervas para menopausa

Este chá contribui para o bem-estar na menopausa e pode ser consumido todos os dias, como forma de reposição hormonal natural.

Ingredientes:

  • 1 colher de sopa de damiana
  • 1 colher de sopa de ginseng siberiano
  • 1 colher de sopa de gotu kola
  • 1 colher de sopa de rosa
  • 1 colher de sopa de verbena
  • 1 litro de água

Modo de preparo:

Ferva a água e adicione todas as ervas, deixando repousar por 5 minutos. Coe e tome ao longo do dia, morno ou frio. Se desejar,  adoce com mel ou stévia.

Suco de maracujá com lecitina da soja

Este suco ajuda a acalmar enquanto a lecitina da soja contém fitohormônios que ajudam a regular as ondas de calor que são comuns durante a menopausa. Esse chá é contra-indicado para mulheres com pressão baixa.

Ingredientes:

  • 2 folhas de couve
  • 1/2 colher de lecitina da soja
  • Polpa de 1 maracujá
  • 2 colheres de mel
  • 3 copos de água filtrada

Modo de preparo:

Bata todos os ingredientes no liquidificador e beba a seguir. Recomenda-se beber este suco 3 vezes ao dia.

Outros produtos naturais que ajudam a diminuir os sintomas da menopausa

Além dessas receitas de remédios naturais que mostramos, vale incluir os produtos abaixo na sua dieta, para ajudar a diminuir sintomas da menopausa como as ondas de calor, as alterações do sono e do humor, a diminuição da libido, da concentração e da memória e o ressecamento vaginal, que causa dor durante as relações sexuais.

  • Ginseng: Em lojas de produtos naturais você pode encontrar o Ginseng em cápsulas ou para fazer chá e colocar no suco.
  • Frutas cítricas: As frutas cítricas como a laranja, limão, acerola e kiwi são ricas em vitamina C, que é muito importante para o organismo durante a menopausa.
  • Linhaça: Use a farinha de linhaça nos sucos, sopas e iogurtes.
  • Óleo essencial de sálvia: Como essa substância contém propriedades estrogênicas, pode ajudar na reposição hormonal em forma de inalação ou durante a massagem.
  • Trevo vermelho: Outra substância rica em estrogênio, que você pode fazer um chá e tomar para reduzir os sintomas da menopausa.
  • Tofu: Rico em isoflavonas, que é um hormônio natural, também encontrado no leite de soja.
Read More →
Replies: 0 /

Estradiol: O que é? Para que serve? Posso tomar? Faz engordar?

Por ser um tipo de estrogênio, o estradiol é conhecido como “o hormônio feminino”. Apesar disso, o estradiol é um hormônio sexual produzido por homens e mulheres, e tem funções que vão além da fertilidade, como explicaremos a seguir.

Nas mulheres o estradiol é produzido pelos ovários e nos homens, pelos testículos. Além de falar pra que serve o estradiol, nesse artigo também vamos falar se tomar estradiol engorda, o que significa quando o exame indica níveis baixos desse hormônio e como é o tratamento.

O que é o estradiol?

O estradiol é um hormônio produzido por homens e mulheres, com funções ligadas à fertilidade e ao aparelho reprodutor e é considerado o principal e mais ativo hormônio sexual feminino, sendo responsável diretamente pela regulação da menstruação, do ciclo menstrual e da possibilidade de engravidar ou não.

Inicialmente acreditava-se que este hormônio (assim como os outros tipos de estrogênio) era produzido apenas pelas mulheres, e por isso ainda é chamado de “hormônio feminino”, mas apesar de ser um hormônio sexual, e desempenhar papéis no desenvolvimento do útero, trompas, vagina e mamas, na alteração dos workhospitality.com.au órgãos sexuais externos, na produção de muco e lubrificação vaginal, estimulando os folículos ovarianos a liberar os óvulos e na espermogênese, ajudando a evitar que o esperma morra muito cedo, ele também tem outras funções:

  • Atua na distribuição da gordura corporal;
  • Ajuda a proteger funções cerebrais como a memória;
  • Tem responsabilidade na manutenção dos tecidos, garantindo a elasticidade e o viço da pele e dos vasos sanguíneos
  • Ajuda na reconstituição óssea.

Nos homens, o estradiol também contribui com a libido e a fertilidade, e é um hormônio produzido em quantidades menores que nas mulheres.

O que significa estar com o estradiol baixo?  

O nível do hormônio é medido através de um exame de sangue (também conhecido como exame de E2), e os níveis desse hormônio variam de acordo com a idade da mulher e nos homens, além de ser variável nas mulheres dependendo da época do mês, podendo ficar baixo ou alto de acordo com o ciclo menstrual. Porém, nas mulheres, durante a menopausa a concentração deste hormônio (assim como a de progesterona) diminui e se estabiliza, porque a função ovariana diminui.

Estar com o nível de hormônio alterado (para mais ou para menos) pode significar várias causas, e se você está com o estradiol baixo pode ser um indicativo de:

  • Insuficiência ovariana (os níveis urinários e séricos diminuídos geralmente são acompanhados por altos níveis séricos de LH e FSH);
  • Menopausa,
  • Síndrome de Turner (anomalia cromossômica com origem na perda parcial ou total de um cromossomo X, que afeta apenas as mulheres);
  • Gravidez ectópica (conhecida como gravidez tubária, que ocorre fora do útero).

Baixo estradiol em homens e mulheres

Mulheres que fazem uso de contraceptivos orais também costumam ficar com o estradiol baixo, e o uso de alguns medicamentos também pode alterar o resultado do exame, que deve ser feito até o quinto dia do ciclo menstrual. Portanto, recomendamos esperar o diagnóstico feito pelo seu médico (ginecologista ou endocrinologista) antes de ficar preocupada com essas possibilidades e indicar o melhor tratamento.

Quando os níveis deste hormônio estão baixos o tratamento é feito através de reposição hormonal com bazoesoft.com estradiol sintético.

Nos homens, ter os níveis de estradiol diminuídos pode influenciar também na incidência de disfunção erétil. Na mulher, um dos sintomas do estradiol baixo é a falta de lubrificação, e em ambos, a perda ou diminuição do desejo sexual também pode ser um indicativo de que os níveis desse hormônio estão desregulados. Para as mulheres que querem engravidar, é importante ter os níveis de hormônio regulados, pois junto com os hormônios LH e FSH, ele também é responsável pela formação do folículo ovariano.

Tomar estradiol faz engordar?

Tanto o excesso de estrogênios como o estradiol quanto a falta deles pode ajudar a engordar sim, assim como os outros hormônios, como a testosterona, porém, isso varia de pessoa pra pessoa, de acordo com o organismo. O estradiol está presente na composição de alguns remédios anticoncepcionais, que também têm outros hormônios, e também influenciam no peso de algumas mulheres, enquanto outras não tem essa mesma reação. Também não é toda mulher que engorda na menopausa, quando a reposição hormonal é mais comum. Dessa forma, não podemos responder em definitivo se tomar este hormônio faz engordar.

Para mais informações assista a este vídeo:

Este artigo foi útil para você? Conta pra gente aqui nos comentários!

Read More →
Replies: 0 /

Programa Vencendo a Azia

O programa “Vencendo a azia” é ideal para quem sofre com azia, gastrite e refluxo e pra quem morre de medo de comer por conta das sensações que surgem após as refeições e já tentou vários métodos para curar ou diminuir as dores e os incômodos, porque mesmo os tratamentos dolorosos e caros não funcionaram, ou até mesmo agravaram o problema.

Nesse artigo vamos falar sobre o programa “Vencendo a Azia” que promete curar para sempre esses problemas em até 30 dias usando um método simples, seguro e 100% natural. O método já foi testado em mais de 3000 pessoas e funciona contra a azia, gastrite e o refluxo, e além disso, não tem contraindicações e efeitos colaterais. Veja a seguir como funciona, o que você vai aprender com o método e como começar o seu tratamento e cura.

Onde posso garantir este programa?

Se você continuou a leitura até aqui é porque certamente está interessado em adquirir o seu Programa Vencendo a Azia, e nós já adiantamos que você tomou uma ótima decisão para a sua saúde e o seu bem estar! Para garantir o seu programa basta que você vá até o site do vendedor oficial e realize o seu pedido. Basta clicar no botão logo abaixo e você será redirecionado ao site do vendedor. Fazendo o seu pedido pelo site você receberá o seu pedido de forma prática e rápida, e o melhor, no seu endereço de email! O material será liberado assim que a operadora do seu cartão liberar o pagamento. Não perca mais tempo:

Atenção! Nós não somos o vendedor oficial deste produto. Somos apenas um site que fala sobre saúde, bem estar e universo feminino. Para ser redirecionado para o site do vendedor oficial clique aqui.

Como funciona?

O “Vencendo a Azia” é um livro digital que você compra apenas através do site oficial de vendas e paga através do cartão de crédito, boleto bancário ou Paypal e recebe via email todo o material criado e desenvolvido pela nutricionista Ana Paula para curar de forma 100% natural a azia, gastrite e refluxo.

Esse material traz informações, métodos e técnicas simples e seguras, que você vai aprender a fazer aí mesmo, na sua casa. Além do livro digital “Vencendo a Azia”, que tem um método eficaz em cinco etapas, você vai receber 3 bônus, que vamos falar a seguir.

O que vou aprender com o Vencendo a Azia?

Com o “Vencendo a Azia” você vai aprender tudo que a nutricionista Ana Paula descobriu durante a sua pesquisa quando estava buscando um tratamento menos doloroso e que não causasse efeitos colaterais que ela teve por mais de 11 anos com os medicamentos tradicionais contra a azia, gastrite e refluxo, e que algumas informações que os médicos e a indústria farmacêutica divulgam sobre a azia, gastrite e refluxo estão ultrapassadas, como o fato de o agente causador do refluxo gastresofágico ser a falta de ácido e não o excesso, por exemplo. Essa teoria pode ser comprovada pelo fato de o refluxo ser mais comum em pessoas com mais de 40 anos, quando o ácido é produzido em menor quantidade pelo organismo.

Vai aprender sobre todas as doenças digestivas, e um tratamento para resultados rápidos, que promete eliminar os sintomas da azia, gastrite e refluxo em até 48 horas.

Ao comprar o livro digital “Vencendo a Azia” você também recebe 3 bônus que vão auxiliar no tratamento da azia, gastrite e refluxo:

  • Um Vídeo Aula ensinando a comprar suplemento natural de forma 100% segura e garantida, indicando os melhores produtos e sites no Brasil;
  • Um Ebook (livro digital) com o Guia Completo sobre como preparar qualquer remédio caseiro natural para tratar a azia, gastrite e refluxo e outras doenças correlacionadas a problemas digestivos; e
  • Um Ebook que vai servir como um Guia definitivo para controlar a síndrome do intestino irritável em um curto período de tempo.

É importante dizer mais uma vez que a Ana Paula se preocupou em desenvolver um método simples, prático, barato e, acima de tudo, seguro, para que muitas pessoas se beneficiassem com o programa “Vencendo a Azia.

Tem alguma garantia?

A garantia do programa “Vencendo a Azia” é de 30 dias, com devolução total do valor pago pelo método caso você não fique satisfeito com os resultados alcançados com o livro digital e os bônus.

Vale a pena comprar o “Vencendo a Azia”?

Como falamos, o “Vencendo a Azia” tem resultados comprovados por mais de 3000 pessoas, é um método 100% natural, barato e seguro, desenvolvido por uma nutricionista que testou e viu os resultados do método nela mesma, além de dar uma garantia de 30 dias para que você solicite o reembolso do valor pago, caso não consiga curar a sua azia, gastrite e o refluxo.

Além disso, não existe nenhuma reclamação sobre o método no “Reclame Aqui”, que é um site onde os consumidores relatam problemas com empresas, serviços e produtos, que são avaliados de acordo com a quantidade de reclamações, tempo de solução para os problemas dos consumidores e nota dada pelo consumidor.

Tudo isso nos possibilita dizer que vale a pena comprar o “Vencendo a Azia” e que você não tem nada a perder.

E você? Já comprou o seu Vencendo a Azia? Conta pra gente aqui nos comentários. Qualquer dúvida responderemos assim que possível.

Read More →
Replies: 0 /

Bicarbonato de Sódio: Conheça os seus usos e benefícios!

O bicarbonato de sódio já é um produto antigo e um velho conhecido das famílias de todo mundo. Dificilmente você encontra uma casa onde não tenha bicarbonato de sódio devido aos seus benefícios e diferentes usos no dia a dia. Nós separamos para você as melhores dicas e truques para você incorporar o bicarbonato de sódio no seu uso diário, confira:

Usos do bicarbonato de sódio

Na limpeza

  • Para limpar panelas e pratos: Coloque uma colher de sopa de bicarbonato de sódio na água que você irá usar e deixe de molho os pratos e as panelas com sujeiras difíceis de retirar para facilitar a remoção das manchas e da gordura restante da comida. Uma outra dica é você colocar uma colher de chá de bicarbonato de sódio no detergente que você normalmente usa pois isso potencializa o efeito da limpeza.
  • Micro-ondas: Sabemos que o micro-ondas geralmente acumula camadas de gordura em suas paredes. Para resolver este problema, faça uma solução simples de água com bicarbonato e limpe tanto dentro quanto fora do micro-ondas. Para limpar basta passar um pano úmido com água.
  • Para fazer a limpeza de pisos: Encha um balde com água morna e coloque a quantidade de bicarbonato que julgar necessária para a limpeza da área necessária. Limpe normalmente. Caso as manchas ainda não tenham saído basta colocar um pouco de bicarbonato em uma esponja juntamente com o detergente que você usa normalmente e esfregas as manchas.
  • Limpar paredes rabiscadas e rejuntes: Se os seus filhos rabiscaram a parede com lápis de cor ou giz de cera, para retirar basta adicionar bicarbonato em uma esponja úmida e esfregar com cuidado para não estragar a parede ou o rejunte. Caso você também queira clarear o rejunte basta adicionar água oxigenada ao bicarbonato e use uma escova para passar a mistura no rejunte.
  • Para potencializar o efeito da máquina de lavar: Para aumentar a limpeza de suas roupas, quando for colocar o sabão em pó, adicione uma colher de sopa cheia de bicarbonato. Você verá os efeitos ao fim da lavagem.
  • Para lavar fraldas de pano: Para a pré-lavagem das fraldas de pano, dissolva em uma bacia de água morna metade de um copo de bicarbonato de sódio e coloque-as de molho.
  • Para eliminar odores de tecidos: Faça uma solução de água morna com bicarbonato e use um spray para espalhá-la pelos tecidos. Deixe secar durante a noite.
  • Para desentupir o ralo da pia: O produto acaba com o excesso de gordura e restos de comida que entopem a pia da cozinha. Para isso, jogue diretamente no ralo uma mistura de 200 ml de vinagre, água e bicarbonato de sódio. Vale fazer as aplicações frequentemente.
  • Para limpar o carro: Você pode usar o bicarbonato para limpar partes como luzes, tapes, janelas e partes revestidas de cromo. Misture água com uma colher de sopa de bicarbonato e use um pano macio para a limpeza.

Para cuidar dos pets

  • Caixa de areia: Limpe bem a caixa de areia de seus gatos. Após ela estar seca, polvilhe o bicarbonato de sódio em todo seu fundo, antes de despejar a areia por cima. Isso evitará que odores fortes e desagradáveis se formem.
  • Na lavagem de cestas e cobertores: Adicione duas colheres de bicarbonato de sódio na lavagem ou na água de enxaguar desses objetos. Você também pode optar pela lavagem a seco. Neste caso basta polvilhar o bicarbonato na cesta ou cobertor, esperar cerca de 15 minutos e então retirar o excesso.
  • Para limpar os brinquedos: Para limpar os brinquedos de plástico basta você misturar água quente com duas colheres de bicarbonato. Mergulhe os brinquedos nessa mistura e use uma esponja para tirar as manchas. Se ainda sim elas não saírem faça uso de sabão neutro. Se os brinquedos forem de pano basta polvilhar o bicarbonato por cima deles e esperar algumas horas. Para as manchas difíceis de retirar use uma escova.
  • Limpeza e brilho dos pelos: Acrescente bicarbonato de sódio aos pelos do seu cão antes de escová-los, isso ajudará a aumentar o brilho e evitar as quedas.

Outros usos diferentes do bicarbonato de sódio

  • Complementar o fermento: É interessante adicionar bicarbonato ao fermento alimentício. O bicarbonato não substitui a ação do fermento, mas o complementa e deixa os seus doces grandes e fofos.
  • Dar brilhos nas torneiras da casa: Para conseguir torneiras, chuveiros e sifão brilhantes, aplique o bicarbonato em pano úmido e esfregue nos metais. Por fim, limpe as torneiras com um pano seco.
  • Elimine o mau cheiro da sua geladeira e dos seus armários: Coloque meia xícara de chá de bicarbonato de sódio em um pote aberto e o guarde na geladeira. lembre-se de trocá-lo a cada seis meses.

Para mais dicas veja este vídeo:

Este artigo foi útil para você? Conta pra gente aqui nos comentários!

Read More →
Replies: 0 /

Mayaro: O que é? Como é a transmissão?

O mosquito Aedes aegypti, popularmente conhecido no Brasil como mosquito da dengue, já é um velho conhecido. Mas mais do que a dengue, ele passou a transmitir outras doenças como a Zyka, A Chikungunya e a que tem sido falada mais atualmente, a febre do Mayaro. Você já conhece? Não? Contamos tudo o que você precisa saber para se proteger desta nova ameaça!

O que é a febre do Mayaro?

É uma doença que se caracteriza principalmente por apresentar um estado febril. Ela é conhecida como um arbovírus, isso quer dizer que ele necessita de um animal artrópode para ser transmitida as pessoas. Este vírus foi identificado pela primeira vez no ano de 1954 em Trinidad e Tobago e logo no ano seguinte já foi observado um surto da doença em território brasileiro. É comumente encontrado em florestas úmidas e tropicais da América do Sul, porém, já foi encontrada na América do Norte, em Louisiana, em aves. A infecção causa por este dia resulta em uma doença aguda que dura cerca de três a cinco dias.

Como a febre é transmitida?

O vírus é adquirido através da picada de algumas espécies de mosquitos diferentes, tais como: Culex, Aedes, Psophora e Sabethes. O que causa preocupação é o fato do mosquito Aedes sem uma espécie recorrente em todo o país. Vale lembrar que a doença transmitida por este vírus é muito parecida com a febre Chicungunya, que por sua vez lembra bastante a dengue, visto que os três são transmitidos pelo mesmo mosquito.

Quais os sintomas desta febre?

O que se sabe é que os sintomas aparecem de um a três dias após a pessoa ser infeccionada e a pessoa apresenta curtos períodos de febre, dores frequentes de cabeça, nos músculos, nos olhos e nas articulações, juntamente com calafrios, tontura, náusea, inchaço nos tecidos perto das articulações e erupções avermelhadas por todo o corpo.  Em alguns casos foi observado a intolerância a luz.  Estes são sintomas comuns que podem ser confundidos com a dengue ou a Chicungunya, mas na Mayaro as dores e inchaços nas áreas da articulações costumam ser mais fortes e podem durar até meses.

Teve casos de Mayaro no Brasil?

Sim, foram encontrados casos aqui.  Nos períodos entre o mês de dezembro de 2014 e junho de 2015 encontraram 197 casos  de febre do Mayaro nas regiões Norte e Centro-Oeste, es especial nos estados de Goiás, Pará e também Tocantins. Nos ano de 2016 cerca de 66 casos foram registrados no estado de Goiás até o mês de fevereiro. Porém, os casos foram apenas em matas e não houveram registro de transmissões urbanas.

Já existe algum tratamento para a febre no Brasil?

Não, não existe. Não foram criadas vacinas nem tratamentos para a febre, os médicos trabalham apenas no tratamento dos sintomas apresentados. Médicos americanos afirmam que ainda existem poucos estudos sobre o vírus para que alguma medicação seja criada.

Como saber a diferença entre Dengue, Zika, Mayaro ou Chikungunya?

O quadro clínico é extremamente parecido, então a primeira vista pode ser difícil de diferenciar. Será necessário que o médico peça exames laboratoriais para confirmar qual das doenças é a do paciente.

Como posso me proteger da febre do Mayaro?

O mais importante é colocar em prática todas as formas de prevenção do mosquitos Aedes que todos os brasileiros já conhecem, tais como: evitar a água parada, colocar areia nos pratinhos de planta, colocar o lixo em sacolas bem fechadas e promover a limpeza de terrenos baldios, manter tonéis/barris e a caixa de água bem tampados, entre outros.

Outra forma importante de proteção é evitar as picadas de mosquito. Você pode colocar telas em suas janelas, mosquiteiros nas camas, principalmente nos berços dos bebês. Por fim, passe repelentes para mosquitos transmissores.

Este artigo foi útil para você conta você? Conta pra gente aqui nos comentários!

Read More →
Replies: 0 /

Goji Secca: Perca os quilinhos indesejados de uma vez!

Segundo dados divulgados pelo IBGE, quase 60% dos adultos apresenta sobrepeso e o problema é ainda maior no sexo feminino.

A luta para perder peso é constante e as pessoas recorrem a diversas alternativas. Estão disponíveis diferentes dietas, ideias de exercícios para cada tipo físico, chás das mais diferentes folhas e plantas e incontáveis remédios emagrecedores podem ser encontrados na internet. Mas ainda sim é comum vem pessoas reclamarem que não conseguem alcançar o resultado desejado. Foi pensando nessas pessoas que surgiu o Goji Secca. Você já conhece?

 O que é o Goji Secca?

O Goji Secca vai ser o responsável por dar aquele empurrãozinho que auxiliará na sua perda de peso juntamente com os exercícios físicos e uma dieta balanceada!

O Goji Secca é um composto derivado de uma frutinha chamada Goji Berry. O Goji Berry vem da Ásia, mais precisamente do Tibet, e a centenas de anos é usado na medicina oriental. Aqui no Brasil ele já é conhecido a cerca de três anos, mas seu sucesso não diminuiu nem um pouco. Você poderá encontra-lo de duas formas: uma delas é in natura, ou seja, a fruta em sua forma natural. A outra é sintetizado em cápsulas, que é a mais indicada para quem procura emagrecer, por dessa forma os nutrientes são concentrados e é mais fácil do organismo absorver tudo.

Onde posso encontrar o Goji Secca?

Existem diferentes compostos a venda na internet, que dizem ser a base do Goji Berry para emagrecer. O original só é vendido pelo site oficial do vendedor, e é lá que indicamos que você faça a sua compra. Garantindo o seu Goji Secca pelo site oficial nós garantimos que você receberá o seu produto de forma prática e rápida no conforto da sua casa! O Goji Secca conta com diferentes pacotes de compra. Confira aqui qual se encaixa melhor em seu orçamento e garanta já o seu!

goji-secca

Este produto tem garantia de satisfação! Caso você adquira o seu Goji Secca, o tome corretamente e ainda sim ele não apresentar os resultados prometidos, basta você entrar em contato com a empresa e solicitar o seu estorno, que será feito na hora.

goji-secca-preco

Atenção! Nós não somos o vendedor oficial deste produto. Somo apenas um site que trata sobre saúde, dietas e perda de peso. Caso você queira ir ao site oficial do vendedor basta clicar aqui.

Quais os nutrientes que ele oferece?

Os dias atuais são marcados exclusivamente por uma coisa: a rotina da correria. A casa, os filhos, o trabalho, o casamento, tudo toma um grande tempo! Entre uma atividade ou outra, dificilmente sobra tempo para que nos alimentemos direito. Isso acaba fazendo com que muitas pessoas recorram a suplementos alimentares e multivitamínicos! O Goji Secca é uma ótima pedida para as pessoas que procuram complementar a sua alimentação. Ele é um dos mais completos do mercado e acabou recebendo o apelido de “Super Alimento”! Confira:

Vitamina C

O Goji Berry apresenta uma elevada concentração de vitamina C, cerca de 50% mais do que as laranjas.  As pessoas que apresentam níveis equilibrados de vitamina C no organismo tem 30% a mais de eficiência na oxidação da gordura durantes as atividades físicas!

Beta-Sisterol

O Giji Secca não é benéfico apenas para mulheres, ele também é indicado para os homens. Sabe porque? O Goji Berry é uma ótima fonte de beta-sistetol. O beta-sisterol é hma substância com função anti inflamatória que também serve para ajudar no tratamento de quem sofre com a impotência sexual masculina. Além do mais, ela também previne o câncer de próstata. Ou seja, o produto também é indicado para os homens que procuram ter uma vida sexual mais satisfatória!

Aminoácidos Essenciais

Os aminoácidos são extremamente necessários para o bom funcionamento do metabolismo! O Goji berra possui em sua em sua composição nada menos do que 19 aminoácidos! Vale lembrar que 8 desses aminoácidos são considerados essenciais. Isso que dizer que eles não são produzidos pelo corpo.

O Goji Secca funciona mesmo?

Caso você ainda esteja com o pé atrás e tenha dúvidas se o Goji Secca funciona mesmo, nós garantimos que sim! E para que você veja isso, nós vamos mostrar alguns depoimentos de mulheres que tomaram e comprovaram a sua eficácia! Confira:

goji-secca-depoimento

Vanessa Alves, 25

Olá pessoal, venho aqui contar como estou feliz hoje depois da ajuda do Goji Pro, acho que não foi somente ele claro, eu mudei alimentação e hábitos. Também fiz exercício, mas consegui perder 15kg, que era meu objetivo, e mantenho esse peso até hoje. Já tem 3 meses que estou mantendo o peso e perdi os 15kg em 3 meses.

Tem alguma contra indicação?

Sim, o Goji Secca tem algumas contra indicações. As crianças, as pessoas idosas e as mulheres grávidas devem evitar o seu uso, a menos que ele seja prescrito por algum médico ou nutricionista que avalie o seu caso e julgue necessário.

E você, já adquiriu o seu Goji Secca? Caso tenha dúvidas acerca do produto, nos deixe um comentários, responderemos assim que possível!

 

 

Read More →
Replies: 0 /

Chás para aliviar a dor de estômago: Se livre desse mal agora!

Você pode agora mesmo parar de gastar fortunas em remédios de farmácia para aliviar dor de estômago e azia. O artigo de hoje ensinará para você as melhores receitas de chás para aliviar dor de estômago. Nós pesquisamos e fizemos a seleção dos mais eficientes chás para dor de estômago, feitos com ervas e ingredientes que você já tem em casa, receitas práticas e simples para você. Não perca mais tempo e veja tudo isso a seguir.

Chás naturais podem aliviar dores e curar doenças?

A resposta é sim! Antigamente sem a evolução da medicina e da indústria farmacêutica todo mundo curava suas doenças e aliviava os sintomas com remédios naturais e caseiros. Esse costume vem desde a época dos índios que faziam infusões, chás, unguentos e sopas para tratar as patologias deles e de sua tribo.

Atualmente com a evolução da indústria farmacêutica as pessoas se esqueceram um pouco dos tratamentos naturais que podem ser feitos em casa mesmo. Porém, muita gente sofre com os efeitos colaterais que os remédios sintéticos produzidos em laboratórios causam, como sofrem de enxaquecas, náuseas, vômito, fraqueza, taquicardia, insônia. Para evitar esses problemas e outras doenças que os remédios sintéticos podem lhe afetar com o passar dos anos, você pode substituir por um tratamento mais ameno e à base de remédios naturais.

É importante ressaltar que para substituir uma medicação prescrita por um médico você deve primeiramente consulta-lo sobre sua vontade e se necessário ele irá recomendar um tratamento à base de remédios naturais.


Você tem interesse em conhecer mais sobre os chás medicinais, seus benefícios e como eles podem evitar e até mesmo curar doenças? Então leia mais sobre o Cura Pelos Chás clicando aqui e todo conhecimento milenar que ele tem para passar para você! 

cura-pelos-chas-imagem


Chá de hortelã para dor no estômago

Se você está sentindo aquela dor de estômago após uma refeição pesada, azia e gastrite, um chá de hortelã pimenta vai ser ideal para você. A hortelã pimenta tem propriedades calmantes, analgésicas e antissépticas que serão apropriadas para aliviar seu mal estar estomacal. Além de aliviar suas dores de estômago, o chá de hortelã serve também para combater diarreia, náuseas e vômitos.

Ingredientes:

  • 1 litro de água
  • 4 colheres de sopa de folhas de hortelã-pimenta

Modo de preparo:

Coloque a água para ferver, assim que levantar fervura desligue o fogo e adicione as quatro colheres de folhas de hortelã-pimenta, tampe o recipiente e deixe o chá em infusão por dez minutos. Após isso coe e tome o chá até três vezes ao dia, de preferência após as refeições.

Recomenda-se que o chá não seja adoçado para não prejudicar mais seu estômago.

Chá de gengibre

O gengibre é um excelente ingrediente que possui propriedades anti-inflamatórias e aliviará sua dor de estômago.

Ingredientes:

  • 1 litro de água
  • 3 pedaços de 1 cm de gengibre descascado ou essa mesma medida ralado

Modo de preparo:

Coloque os dois ingredientes numa panela e deixe ferver por cerca de dez minutos, após isso tampe o recipiente e deixe o chá em infusão por mais dez minutos. Após esse tempo coe e beba uma xícara de duas a três vezes por dia.

Chá de malva

Se você está sofrendo de má digestão, dor e gastrite o chá de malva é um excelente chá para aliviar os sintomas, a malva atua como um calmante para problemas digestivos, suas propriedades atuarão diretamente no problema.

Você poderá encontrar a malva em feiras livres de produtos naturais ou em casas de produtos naturais.

Ingredientes do chá de malva:

  • 1 litro de água
  • 5 colheres de sopa de malvas picadas

Modo de fazer:

Coloque a água para ferver, assim que levantar fervura desligue o fogo e adicione a quantidade de malva descrita, tampe o recipiente e deixe em infusão por quinze minutos. Após o tempo determinado coe o chá e tome de duas a três vezes por dia, de preferência após as refeições ou quando estiver sentindo dor de estômago.

Chá de sementes de melão

Essa é uma receita pouco conhecida, a semente de melão contém propriedades analgésicas que vão aliviar a dor de estômago.

Ingredientes:

  • 500 ml de água morna
  • 2 colheres de sopa de sementes de melão

Modo de preparo:

Esse chá tem um modo de preparo um pouco mais diferenciado do que conhecemos, mas é, de toda forma, muito simples.

Em um liquidificador coloque a água morna e a quantidade de sementes de melão indicada, bata bastante no liquidificador, adoce com mel se preferir. Tome uma xícara desse chá 30 minutos antes das refeições e tome apenas uma xícara por dia.

Para alívio das suas dores no estômago é importante que você saiba a origem da sua dor, o que está causando esse desconforto. As dores de estômago e gastrite podem ser causadas por diversos motivos como stress, comida muito gordurosa, comida fora do prazo de validade, alimentos muito ácidos e etc.

Ao saber a causa da sua dor no estômago é importante que você mantenha uma dieta leve com frutas, verduras e legumes.

Confira este vídeo com mais algumas ótimas dicas que te ajudarão a aliviar a dor de estômago:

Este artigo foi útil para você? Conta pra gente aqui nos comentários!

Read More →
Replies: 0 /