Blefaroplastia: Saiba qual é o preço, como fazer a superior, inferior e veja antes e depois!

Blefaroplastia: Saiba qual é o preço, como fazer a superior, inferior e veja antes e depois!

Expressamos as nossas expressões através do rosto, e o olhar é tão importante na hora de expressar sentimentos quanto na hora de se comunicar, e por isso a blefaroplastia é uma cirurgia tão procurada atualmente.

Com o passar dos anos, a diminuição de colágeno diminui e os chamados “sinais do tempo” começam a aparecer, e apesar de termos muitas opções de cosméticos, em alguns casos a cirurgia é a melhor opção.

Veja no artigo de hoje tudo sobre a blefaroplastia, e tire as suas principais dúvidas sobre esse assunto antes de decidir se vai fazer ou não.

O que é a blefaropastia?

Blefaroplastia é o nome da cirurgia plástica feita nas pálpebras (superiores e inferiores) para remover o excesso de pele, melhorar o aspecto de flacidez, eliminar as rugas e devolver a elasticidade dessa área, rejuvenescendo o olhar e acabando com aquele olhar cansado.

Ela é capaz de tirar olheiras e mudar completamente sua expressão.

Como é a superior?

A blefaroplastia superior é uma boa opção para pessoas que têm excesso de pele (ou flacidez) nas pálpebras superiores, e quem tem diagnóstico de ptose (queda da pálpebra por causas musculares) ou pseudoptose palpebral (queda da pálpebra em função do excesso de pele), pois ajuda a rejuvenescer a região, melhorar a expressão facial e aumentar a autoestima.

O resultado fica assim:

resultado do antes e depois da blefaroplastia superior

E como é a blefaroplastia inferior?

O maior motivo de procura da blefaroplastia inferior é para a remoção das rugas e de bolsas de gordura.

Elas se acumulam abaixo dos olhos, por isso o nome inferior. Com a redução dessas bolsas, a expressão fica menos cansada, veja o antes e depois:

resultado do antes e depois da blefaroplastia inferior resultado do antes e depois da blefaroplastia inferior

Como é o procedimento à laser?

Na blefaroplastia a laser é usado o laser CO2 para cortar a pele ao mesmo tempo que cauteriza e sela os vasos sanguíneos, o que ajuda a diminuir o sangramento.

Nesse tipo de cirurgia também é possível reduzir a quantidade de hematomas e amenizar o inchaço no pós operatório.

O risco da blefaroplastia a laser é a queimadura das córneas, e por isso, procure fazer esse procedimento com um profissional qualificado e de confiança.

A blefaroplastia deixa cicatriz?

Sim, essa cirurgia deixa uma cicatriz bem pequena e discreta, sendo na blefaroplastia superior uma cicatriz na dobra da pálpebra superior (exatamente na parte que fica escondida quando os olhos estão abertos), e bem rente aos cílios inferiores no caso da blefaroplastia inferior.

Na blefaroplatia a laser a cicatriz é ainda menos visível, porque o procedimento é menos invasivo.

Como é o pós operatório?

A blefaroplastia é uma cirurgia pequena e relativamente simples, feita com anestesia local e com duração de até 90 minutos, e internação de no máximo 8 horas.

O pós operatório é simples, e dura cerca de um mês. Para uma boa recuperação, é indicado que o paciente não fume durante os dois primeiros meses, para ajudar na melhor cicatrização, e use colírio para melhorar a lubrificação, além de óculos escuros, para proteger os olhos até a retirada dos pontos, e evitar a hiperpigmentação (manchas escuras) da cicatriz.

O uso de medicamentos como antibióticos e analgésicos pode ser recomendado em caso de dor, assim como compressa de água fria para melhorar o inchaço local.

Durante as duas primeiras semanas é indicado dormir de barriga pra cima, não usar lente de contato e maquiagens, e fazer a higienização com água e sabão.


📌 Gostou de saber mais sobre esse procedimento? Confira também como é a bichectomia, a cirurgia para reduzir as bochechas!


mulher realizando blefaroplastia

Qual é o preço da blefaroplastia?

O preço da blefaroplastia pode variar de acordo com a clínica em que é feita, se é feita com um cirurgião plástico ou com um oftalmologista especializado, se vai ser em um ou nos dois olhos e com o tipo de anestesia utilizada, se é local ou geral.

Além disso, o profissional contratado e a sua localização regional também podem influenciar no valor da cirurgia.

Pode fazer esse procedimento pelo SUS?

Algumas cirurgias estéticas, como a rinoplastia, são feitas pelo SUS, desde que seja comprovado que está prejudicando a saúde e a autoestima do paciente, e apesar da grande fila de espera e das exigências, pode ser uma boa opção para economizar.

Apesar da blefaroplastia ser considerada uma cirurgia estética, ela também é indicada para questões funcionais, já que o excesso de pele nas pálpebras superiores pode prejudicar a visão do paciente, e por isso ela pode ser feita pelo SUS.

Para saber como fazer a blefaroplastia pelo SUS, vá ao hospital perto da sua casa (onde há residência médica de cirurgia plástica), e peça maiores informações sobre os exames e documentos que precisa apresentar, assim como saber a respeito do tempo de espera para a realização do procedimento, pois isso pode variar de hospital para hospital.

Replies: 0 /
1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Post Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *